Homenagem: Filipe Duarte


E morre, aos 46 anos, o actor Filipe Duarte. 

Lembro-me bem, de algumas produções em que participou, onde destaco a série televisiva "Equador". A verdade, é que dentro do contexto actual, em que vivemos diariamente com dezenas de mortes por causa do COVID-19, este desaparecimento poderia ter passado despercebido. Mas não passa. Não passou. Até porque não era um anónimo (o que lhe garante visibilidade), era relativamente novo (só tem mais sete anos do que eu) e a causa da morte foi um enfarte do miocárdio (que nós sempre associamos a pessoas mais velhas).  Além disso, era um actor que gostava de ver representar - e isso é, de facto, uma arte. 


Esteja agora onde estiver, que descanse em paz.

2 comentários:

Este blogue não é uma democracia e eu sou um ditador’zinho… pelo que não garanto que o comentário seja publicado. Mas quem não arrisca…