Notícias (a)Variadas - Reynaldo Gianecchini

Bom, bom, bom... Andava meio mundo gay a suspirar pelo senhor Reynaldo faz anos (e parte do universo hétero também, verdade seja dita), quando em Setembro do ano passado (onde é que eu andava nesta altura?), numa entrevista ao jornal "O Globo", o mesmo assume: "já tive, sim, romances com homens". 

De lá para cá, um turbilhão de reacções, acções, críticas e elogios, têm sido produzidos diariamente, numa velocidade estonteante.Tanto que é, que Gianicchini teve que vir a terreiro esclarecer realmente o que quis dizer. E o que afirmou? Bem, assumiu que não era gay. Que era tudo. Que era "amplo" e que cabia nele "o homem, a mulher, o gay, o hétero, o bissexual, a criança e o velho". Só espero que a parte a criança seja no sentido figurado. Ou então, que tenha mais de 18 anos.  

Verdade seja dita... uma pessoa aos 47 anos também já pode dizer e assumir o que quiser, porque ninguém tem nada a ver com isso. Mas que foi importante o seu testemunho, foi. Pelo menos eu acho que foi. Ele é uma figura respeitada e muito conhecida, e pode ajudar a desmitificar algumas coisas, que algumas "pessoínhas" teimam ainda a não querer ver. 


Não partilho reportagem porque é exclusiva para assinantes do jornal "O Globo", mas deixo ficar aqui, a reacção posterior numa matéria produzida pela "Folha de São Paulo"

2 comentários:

  1. Ele poderia deixar tirar lasquinha para podermos confirmar que é Gay ou Bi ou Hetero o que ele quiser ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAH Oh pah, ele até está a envelhecer bem. E sempre foi muito giro e simpático, mas não me parece que vá deixa tirar "lasquinhas" :P

      Eliminar

Este blogue não é uma democracia e eu sou um ditador’zinho… pelo que não garanto que o comentário seja publicado. Mas quem não arrisca…