Sentimentos para hoje: Melancolia




Estava a reformular o Instagram do blogue antigo para este novo projecto (tipo um “Querido Mudei o Blogue”, mas sem o tótó do Gustavo) e vi que tinha mensagens pendentes (yah, de anos… não me batam mais se faz favor). Resolvi responder. A meio da conversa saiu um #obrigadocovid e soltei uma gargalhada. Bom, não sei se voltei por causa disso, ou por estar mais tempo em casa, ou porque me fui transformando durante estes anos em que estive afastado dos blogues “mais temáticos”, ou simplesmente porque precisava de partilhar estórias. Acho que o principal a reter aqui, é que voltei. Mais disponível. Mais motivado. Mais experiente. Mais capaz. Com mais vontade de continuar a alterar tudo aquilo que faz sentido. Quero valorizar o que negligenciei. Quero gritar quando não gosto. Quero sorrir quando me apetecer. E quero continuar a fazer a minha cara de frete, quando estou a ser obrigado a fazer uma coisa que não quero. Bem sei que não há mundos e pessoas perfeitos/as, e teremos sempre imensos defeitos para minimizar/remover (ainda hoje um amigo meu me disse que eu não tinha paciência para nada), mas acho que isso faz parte. Caso contrário que sentido teria a vida? Aquela vil existência, que nos leva as pessoas de quem gostamos, sem que tenhamos tido a oportunidade de nos despedirmos delas? Quero pensar que tudo no fim terá um qualquer sentido. Terá um desígnio que surgirá nos instantes anteriores, ao nosso desaparecimento deste mundo e do nosso último suspiro, relevador de dever cumprido.

4 comentários:

  1. E podemos saber qual era o teu blogue antigo ou é segredo de Estado?! A Quarentena por vezes dá para isto :( da melancolia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é segredo de Estado lol Mas não é preciso escrever muito para se chegar lá :P

      Eliminar

Este blogue não é uma democracia e eu sou um ditador’zinho… pelo que não garanto que o comentário seja publicado. Mas quem não arrisca…